Escolha uma Página

Ter um bom site com WordPress é muito mais do que adicionar conteúdo e tentar alcançar muitas visitas. De fato, uma parte importante do tempo que você gasta é em manutenção, para que ele esteja sempre operando nas melhores condições. Nosso site Ache Perto é em WordPress criado pela Sitesouro.

E parte dessa manutenção é atualizar o WordPress para a versão mais recente assim que estiver disponível, mas como você o faz sem correr riscos? É realmente uma prioridade que seu site seja atualizado? Que opções você tem para fazer isso? Responderemos a todas essas perguntas nas próximas linhas. Artigo escrito pela Web No Rio – Criação de Sites RJ.

Por que você deve sempre atualizar o WordPress para a versão mais recente?

Muitas pessoas fazem essa pergunta e, é uma dúvida muito razoável, por que você deve atualizar seu WordPress, especialmente se ele está funcionando sem problemas? “Não é melhor não tocar em nada, vamos estragar alguma coisa?” Esses medos são normais e que eles se tornam reais é uma possibilidade que existe.

Mas, por outro lado, não ter esse CMS (ou qualquer outro que você use) atualizado, envolve alguns inconvenientes que seu site pode ter. E eles se tornam perigosos se você pretende ganhar dinheiro com seu site.

Maior desempenho: pense no WordPress como um carro. Um carro novo não consome o mesmo de 10 anos atrás que o último modelo deste ano. Bem, o mesmo vale para esta ferramenta de blog, que a cada atualização se torna mais poderosa e eficiente.

Mais seguro: o principal motivo para atualizar é que, em muitos casos, as atualizações se concentram em corrigir falhas de segurança encontradas pela comunidade do WordPress.

Novos recursos: recursos que você pode incorporar ao seu site para fornecer o que você não podia fazer antes.

Compatível com as últimas notícias: novos plugins aparecem todos os dias e, às vezes, exigem que seu site tenha uma versão recente do WordPress para você instalar.

Como você pode ver, são razões mais do que suficientes para atualizar o WordPress.

Considerações antes de atualizar o WordPress

Para atualizar o WordPress sem perder dados ou todo o trabalho realizado até o momento, existem medidas que você deve tomar e que o salvará se algo der errado.

Antes de tudo, como é óbvio, é preciso fazer um backup do seu site com qualquer um desses plug-ins disponíveis de backup e fazer o download para o seu computador ou qualquer outro lugar em que esteja à mão. Dessa forma, você sempre conseguirá recuperar seu site.

E agora que você tem um backup, uma etapa que economiza suas dores de cabeça é instalar o WordPress localmente, atualizá-lo lá e verificar se tudo funciona perfeitamente. Se não houver nenhum problema, você terá uma luz verde para fazer a atualização na versão online.

Finalmente, e embora não seja obrigatório, o WordPress recomenda desativar os plugins antes de atualizá-los e ativá-los gradualmente. Portanto, se algum for incompatível, você descobrirá no momento da ativação.

Como atualizar o WordPress sem perder nada

Agora é hora de começar a trabalhar e instalar a atualização mais recente do WordPress. E para isso, como você verá abaixo 2 caminhos.

1. Atualize o WordPress automaticamente

A opção mais simples e, para nós, a que você deve escolher na maioria dos casos. Especialmente se você seguiu os conselhos que acabamos de dar e verificamos localmente que não há nenhum problema com a atualização.

E tudo o que você precisa fazer neste caso é ir ao painel de administração do seu site e acessar a seção de atualizações. Uma vez lá, você verá que o próprio WordPress informa que uma nova versão está disponível.

Basta clicar onde diz “Atualize agora” para iniciar todo o processo. Seu site será colocado em modo de manutenção durante a atualização e, quando terminar, o levará à página de atualização de plug-ins, a menos que tenha sido uma atualização mais importante, que acabará mostrando as novidades.

2. Atualize o WordPress manualmente

Se você é uma daquelas pessoas que gosta de controlar tudo e prefere fazer o processo manual, também tem essa opção. Obviamente, é mais complicado que a versão automática, embora ainda seja simples.

Primeiro, acesse o site oficial do WordPress, baixe a versão mais recente e descompacte no seu computador o arquivo zipado.

Agora você precisa acessar seu servidor via FTP no diretório raiz do WordPress. Para fazer isso, você pode usar o gerenciador de arquivos, se possuir, ou programas como o Filezilla. Uma vez lá, você deve excluir as pastas wp-includes e wp-admin e carregar as que têm o mesmo nome que você descompactou antes.

O próximo passo é fazer o upload dos demais arquivos (não pastas) que estão soltos. Caso você solicite autorização para substituir, aceite. Quando o processo terminar, abra o arquivo wp-config-sample.php, caso você precise adicionar algo ao wp-config.php.

Por fim, acesse o seguinte endereço www.seudominio.com/wp-admin/upgrade.php para atualizar o banco de dados. Se tudo correu bem, seu site já possui a versão mais recente do WordPress e é hora de verificar se tudo funciona tão bem (ou até melhor!).

Atualizar o WordPress é importante, mas não é a única coisa

A atualização do WordPress é essencial para o seu site atingir altos níveis de qualidade, mas, para atingir o máximo, você deve hospedar em um servidor de qualidade

Seu site agradecerá, temos certeza disso. 😉

Saiba mais entrando em contato conosco ou deixe um comentário abaixo.